Moro não espera recurso da defesa e determina prisão de Lula

O juiz federal Sérgio Moro determinou nesta tarde, menos de 24h depois de o Supremo Tribunal Federal (STF) ter lhe negado habeas corpus preventivo, a prisão do ex-presidente Lula no caso do triplex em Guarujá (SP).

Os advogados de Lula planejavam protocolar um último recurso no tribunal, o chamado “embargo dos embargos”, e teria até o dia 10 para isso. Mas o tribunal não aguardou e já solicitou a prisão do petista, apenas um dia depois de o Supremo Tribunal Federal (STF) ter lhe negado habeas corpus preventivo.

Em seu despacho dá até as 17h de amanhã, sexta-feira, para que Lula se apresente voluntariamente à Polícia Federal em Curitiba e proibiu o uso de algemas.

 

Fonte: Mídia Ninja

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *