Jornalista e escritor de luta, Audalio Dantas falece aos 88 anos

Na tarde desta quarta-feira, 30 de maio, o jornalista e escritor Audalio Dantas nos deixou. Estava com 88 anos e lutava contra um câncer.

Audalio tinha 46 anos quando assumiu a presidência do Sindicato dos Jornalistas de São Paulo, mesmo período do assassinato, no DOI-Codi, de Vladimir Herzog, o Vlado, em outubro de 1975. A morte do diretor da TV Cultura, que a repressão apresentava como suicídio, ficou definitivamente marcada na trajetória de jornalista e escritor que tanto a denunciou e lutou pelos Direitos Humanos.

O jornalista também auxiliou Carolina Maria de Jesus, mulher negra, de fibra e muito talentosa, a publicar seu livro “Quarto de Despejo” e assim, retratar a invisibilidade das vidas na favela.

Ficam nosso respeito e homenagem.

Audalio Dantas, presente! Agora e sempre!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *