Frente de Evangélicos publica nota contra uso de Intervenção Militar para reprimir caminhoneiros

A Frente de Evangélicos repudia a intervenção militar na repressão ao movimento dos caminhoneiros decretada pelo Governo Federal.

Reconhecemos como legítimo o movimento dos caminhoneiros autônomos e suas ações de protesto, não aceitando o acordo oferecido pelo governo.

O não arrefecimento do movimento se deve a falta de credibilidade do governo, que assumiu de forma duvidosa o controle do estado, prometendo o fim de uma pretensa crise que foi instalada pelo próprio governo em curso. As posturas assumidas pelo presidente e sua equipe aprofundam esse cenário, que está estabelecendo o caos na vida dos brasileiros.

A Frente de Evangélicos não concorda, de forma alguma, com o uso da força diante de uma a crise que tem que ser resolvida por meio de negociação democrática.

Diante da falta de credibilidade e da impossibilidade de negociação, a Frente de Evangélicos pede a renúncia de um governo ilegitimo estabelecido por golpes.

Como grupo de evangélicos comprometidos com a democracia e o direito, fazemos a nossa parte para que a pauta de trabalhadores, pela previdência, pela educação, pela saúde, pela Petrobras seja incorporada nesse momento. Ou continuaremos à deriva.

 

Fonte: Mídia NinjaFrente de Evangélicos pelo Estado de Direito

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *