1º de Maio Unificado

Em defesa dos direitos dos trabalhadores e das trabalhadoras, contra o fim das aposentadorias, por mais empregos e salários decentes

Neste 1º de maio, vamos unir nossas vozes e nossas lutas em defesa dos direitos, do emprego decente e contra a reforma da Previdência. Nós, centrais sindicais, faremos um grande ato unificado no Dia dos Trabalhadores e das Trabalhadoras, na Praça da República, no centro de São Paulo.

Reforçamos neste momento do Brasil, a nossa luta contra a proposta de reforma da Previdência do governo Bolsonaro, que não combate as desigualdades, nem os privilégios de alguns setores, mas ataca o direito dos mais pobres. E, ainda, impõe a idade mínima de aposentadoria de 65 anos para homens e de 62 anos para mulheres, além do aumento do tempo de contribuição de 15 para 20 anos.

Não é reforma: o que eles querem é o fim da aposentadoria! O governo quer economizar às custas dos trabalhadores, enquanto faz repasses aos banqueiros. Quer que você continue contribuindo, mas que receba um benefício menor na velhice. Mulheres, professoras e trabalhadoras rurais estão entre os grupos que serão mais prejudicados e, não bastasse isso, o governo quer meter a mão no abono salarial e reduzir drasticamente o valor do BPC (Benefício de Prestação Continuada).

Vamos juntos cobrar ações contra o desemprego. Hoje, temos mais de 13 milhões de pessoas desempregadas. O Brasil necessita, urgentemente, fomentar a economia e desenvolver ações que favoreçam a geração de postos de trabalho.
Queremos empregos dignos, com carteira assinada e salário decente para todos e todas!

Participe desta luta!

As atrações musicais e culturais serão divulgadas em breve!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *