MTST produz mais de 1.600 máscaras para doação na zona leste de SP

Companheiras e companheiros do MTST, na zona leste de São Paulo, estão a todo vapor produzindo máscaras de proteção contra o novo coronavírus. Em um mês, cerca de 1.600 máscaras foram confeccionadas por costureiras e costureiros que fazem parte da luta por moradia na região. Cerca de 700 peças já foram doadas juntamente com os kits de cestas básicas emergenciais, que vêm sendo distribuídos pelo MTST nas comunidades. O restante já feito e as produções futuras terão o mesmo destino.

“É fundamental garantirmos esse equipamento de proteção individual paras as famílias porque está mais do que comprovado que o risco de contaminação diminui com o uso da máscara”, avalia Cláudia Garcez, coordenadora estadual do MTST e uma das responsáveis pela ação.

Solidariedade Sem-Teto

“Queremos que os nossos acampados e as comunidades da periferia saiam dessa pandemia com saúde. Queremos que o povo se sinta cuidado, amado. Por isso, incluímos as máscaras nos kits de cesta de alimentos e produtos de limpeza”, conta Cláudia.

A confecção de máscaras está sendo importante também para quem está por trás das máquinas de costura. “É um projeto que tem proporcionado um auxílio financeiro para as mulheres e homens costureiros nesse momento de pandemia”, completa. Cláudia se emociona ao falar do processo de distribuição das máscaras e kits: “São momentos únicos, de muita emoção para todos. São o tipo de solidariedade que precisa perdurar e ser a mola propulsora da nossa sociedade.”

MTST, Fazendo o que o governo não faz

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *