Dois anos de ocupação Zumbi dos Palmares em Sumaré-SP

1400 famílias organizadas pelo MTST ocuparam, resistiram e construiram a comunidade Zumbi dos Palmares em Sumaré.

Há 315 anos, em 1695, morria Zumbi dos Palmares, um dos maiores símbolos da resistência negra contra a opressão escravista e também um grande ícone para todos os que lutam contra a opressão capitalista, nos dias de hoje, travestida de democracia. Inspirados em Zumbi, há dois anos, 1400 famílias organizadas pelo MTST ocuparam, resistiram e construiram a comunidade Zumbi dos Palmares em Sumaré, interior de São Paulo.

De lá pra cá, nós trabalhadores sem teto demonstramos nossa força enquanto organização, e nossa capacidade de resistência através uma luta séria e cotidiana: foram acampamentos em frente a prefeitura, nas praças, até na frente da casa do então presidente, Lula. Chamamos a atenção de todos os governos para nossa região, e fizemos isso até que fossemos recebidos e eles se comprometessem com a construção das nossas casas. E não vamos parar por aqui. A história de Zumbi nos inspira, e nos dá força para o futuro!

Por todos estes motivos no último final de semana, realizamos várias atividades comemorativas em conjunto com todos os trabalhadores que nos ajudaram na construção desta importante história. Está festa foi realizada em Sumaré, onde estamos acampados, mas compreendemos que está comemoração foi muito para além da questão geográfica. Ela aconteceu em todo o país, em todas nossas ocupações na região Norte, no Nordeste, no Sudeste, no Centro Oeste, no Sul, e no Centro Oeste, assim como em todos os locais onde temos aliados, nossos valorosos companheiros de luta. Nessa comemoração, somos todos um, dando um único grito de resistência.

“Viva a luta dos trabalhadores sem teto! Viva Zumbi dos Palmares!”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *