ANDES: Moção de Apoio e Solidariedade ao MTST

MOÇÃO DE APOIO E SOLIDARIEDADE AO MTST

 

A Diretoria do ANDES Sindicato Nacional, reunida nos dias 15, 16 e 17 de setembro de 2017, vem a público manifestar o seu repúdio a qualquer tentativa de criminalizar as trabalhadoras e os trabalhadores da “Ocupação Povo Sem Medo”, do MTST, em São Bernardo do Campo (SP). Segundo relatos, um dos integrantes da ocupação foi vítima de disparos de arma de fogo, feitos por autores desconhecidos, uma ação inaceitável, de natureza fascista, e que demonstra de forma inequívoca o desrespeito dos autores com a dignidade humana.

Em consequência de um modelo capitalista de sociedade, são negadas oportunidades dignas de emprego a uma parcela significativa da classe trabalhadora.  Numa sociedade em que o acesso a moradia digna é mercantilizado e, portanto, transformado em privilégio, esta parcela da classe trabalhadora é obrigada ultimamente a viver em condições sub-humanas. Desta forma, é inaceitável que se recorra à violência para coagir ou criminalizar os movimentos sociais. O problema habitacional não será resolvido com ações truculentas, de intolerância, sem negociação e sem respeito à dignidade humana. Ao contrário, posturas deste tipo só tendem a acirrar os conflitos urbanos e intensificar os problemas sociais.

Prestamos a nossa solidariedade às famílias que foram vítimas da truculência social. A violência não irá silenciar os movimentos sociais. Seguiremos na luta em defesa de uma sociedade justa onde trabalhadoras e trabalhadores tenham seus direitos garantidos, inclusive o de morar com dignidade.

 

Brasília (DF), 18 de setembro de 2017.

Diretoria do ANDES-SN

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *